E-mail : acapitalslz@gmail.com

Foto: Divulgação

São Luís, 23 de Janeiro de 2024

Na noite de segunda-feira (22), a cidade de São Luís foi abalada por um trágico evento que ressalta a urgência na melhoria da segurança pública no transporte coletivo. O motorista de ônibus Francisco Vale Silva perdeu a vida em um assalto ocorrido na Avenida dos Franceses.

Em solidariedade, o Diretório Central dos Estudantes (DCE) “17 de Setembro”, sob a gestão “Um Passo A Frente”, emitiu uma nota de apoio à decisão do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA) de paralisar as atividades da categoria em protesto.

Confira a nota completa:

Nota de Apoio do DCE “17 de Setembro” à Paralisação do STTREMA

O DCE “17 de Setembro” Gestão Um Passo a Frente expressa profundo pesar pela trágica morte do motorista Francisco Vale Silva e solidariza-se com o STTREMA @rodoviarios.ma pela decisão de paralisar as atividades da categoria. É inaceitável que estudantes e trabalhadores enfrentem diariamente a violência, assaltos e homicídios no transporte coletivo, resultando em perdas de vidas.

Esta lamentável situação evidencia a urgente necessidade de ações contundentes por parte do governador @carlosbrandaoma e do secretário de segurança Maurício Martins para garantir a segurança no transporte público da grande ilha de São Luís. A falta de medidas eficazes coloca em risco a vida dos cidadãos que dependem desse serviço essencial.

Exigimos que a SSP/MA @sspmaranhao priorize a segurança nos transportes coletivos, implementando medidas efetivas para proteger a vida dos trabalhadores e usuários. Urge a eliminação da onda de violência, assaltos e homicídios.

Em meio à dor e revolta, o DCE “17 de Setembro” – Gestão “Um Passo A Frente” reitera seu apoio à luta do STTREMA e conclamamos o governo estadual a agir de forma decisiva para garantir a segurança e bem-estar de todos que dependem do transporte coletivo em São Luís.

Pela vida, pela segurança, pela justiça!

Por DCE/UFMA

Compartilhe