E-mail : acapitalslz@gmail.com

Em carta a funcionários e franqueados, rede americana afirma que a medida, tomada duas semanas depois da invasão da Ucrânia, é temporária

O McDonald’s (foto) anunciou nesta terça-feira (8) que fechará temporariamente 850 locais na Rússia, quase duas semanas depois de as tropas russas terem invadido a Ucrânia, informa a emissora americana CNBC.

O CEO da rede, Chris Kempczinski, enviou uma carta aos franqueados e funcionários informando que o McDonald’s interromperá todas as suas operações na Rússia. No entanto, acrescentou ele, continuará a pagar seus funcionários russos e manterá as instituições beneficentes subsidiadas pela companhia.

“Os nossos valores não nos permitem ignorar o sofrimento humano que se vive na Ucrânia”, acrescentou Kempczinski.

Nos últimos dias, a gigante do fast food, cuja presença em território russo é grande, vinha sendo alvo de críticas por permanecer em silêncio sobre a guerra. Outras companhias, da Apple à petroleira Shell, já haviam suspendido suas atividades na Rússia em razão da agressão à Ucrânia.

Fonte: O Antagonista

Compartilhe